Avançar para o conteúdo

A evolução dos estilos de móveis antigos alemães e austríacos

um guarda-roupa alemão medieval

Navegando pelos tempos: a evolução dos estilos de móveis antigos alemães e austríacos

Bem-vindo ao primeiro artigo de uma nova série de blogs sobre Styylish, onde revelaremos a história e a evolução do mobiliário antigo em toda a Europa ao longo dos séculos.

Embarcando numa viagem pela história, começamos primeiro com a história dos estilos de mobiliário antigo alemão e austríaco. Da simplicidade medieval à elegância refinada do século XIX, estas regiões deram origem a móveis que personificam o artesanato e a evolução cultural.

Nesta exploração, exploramos as características únicas de cadeiras, mesas, cômodas e armários antigos, traçando como esses elementos evoluíram ao longo do tempo e contribuíram para a rica tapeçaria dos estilos de móveis antigos alemães e austríacos.

Raízes medievais: simplicidade funcional (500-1500 DC)

No coração do período medieval, o mobiliário antigo alemão e austríaco era originalmente uma maravilha utilitária, feito de carvalho e pinho resistentes. As cadeiras, básicas e sem braços, tinham encosto reto, evidenciando a simplicidade sinônimo de estilos de móveis antigos.

As mesas, muitas vezes sobre cavaletes, exalavam robustez, enquanto cómodas e armários, sem frescuras, cumpriam funções essenciais de arrumação. No entanto, esculturas complexas foram reservadas para ambientes privilegiados. Portanto, essas primeiras peças abriram caminho para os estilos de móveis antigos que se seguiriam.

Na Alemanha, os armários medievais eram normalmente feitos de carvalho e pinho duráveis. Conhecidos pela sua construção robusta, estes armários apresentavam um design simples com compartimentos de arrumação e prateleiras funcionais. Além disso, os armários possuíam painéis esculpidos com padrão de linho dobrado ou figuras esculpidas. Embora os detalhes elaborados fossem reservados às famílias mais ricas, a maioria dos armários medievais alemães priorizava a praticidade, mostrando o artesanato da época.

um guarda-roupa alemão medieval
Guarda-roupa medieval alemão

Elegância renascentista e detalhes ornamentados (séculos XIV-XVII)

No início da Renascença, os móveis antigos alemães e austríacos abraçavam a elegância e os detalhes ornamentados. Influenciadas pelos estilos italianos, as cadeiras ganharam conforto com assentos acolchoados e encostos esculpidos, encarnando a opulência associada aos estilos de mobiliário antigo.

As mesas, agora adornadas com incrustações elaboradas, e cómodas e armários adornados com ricos entalhes e folheados, demonstraram uma nova apreciação pelo artesanato e pela expressão artística. O uso de materiais ricos como nogueira e ébano marca uma mudança em direção ao luxo e sofisticação nos estilos de móveis antigos.

Este aparador de estilo renascentista foi feito por marceneiros que se inspiraram nos móveis de estilo medieval e renascentista em madeira de carvalho. Trata-se, portanto, de um excelente exemplar de peças do período renascentista, com decorações esculpidas à mão de elevada qualidade.

Cópia do splashback em estilo renascentista - elegante
Splashback estilo renascentista – disponível no Styylish

Opulência barroca e formas curvilíneas (séculos XVII-XVIII)

O período barroco marcou o início da opulência, deixando uma marca indelével no mobiliário antigo alemão e austríaco. As cadeiras tornaram-se curvilíneas e adornadas com estofados elaborados, enquanto as mesas ficaram maiores com incrustações intrincadas e pernas cabriole, incorporando a grandeza inerente aos estilos de móveis antigos.

Cômodas e armários adotaram madeiras escuras como o mogno, com molduras ousadas e ferragens ornamentais. Móveis barrocos antigos exalavam uma sensação de luxo e extravagância que ressoou nos anais do tempo.

Esta poltrona barroca originou-se na Alemanha por volta de 1760 e mostra a grandeza e o artesanato da era barroca. Trabalhada com atenção meticulosa aos detalhes, esta cadeira original e exclusiva apresenta uma moldura de nogueira lindamente esculpida. Decorações intrincadas de flores e acantos adicionam um toque ornamentado, realçando seu apelo estético. Além disso, o design lateral proporciona uma sensação de privacidade e conforto, tornando-o um lugar perfeito para relaxar ou desfrutar de um bom livro.

Poltrona barroca - elegante
Poltrona Wingback – elegante

Esta mesa barroca também está disponível no Styylish. Uma das principais características desta mesa são as suas notáveis ​​pernas em espiral. Reunidos por uma maca curva, conferem a toda a mesa uma personalidade totalmente única que se destaca em cada divisão que ocupa. O tampo da mesa apresenta uma insartia representando armas e armaduras romanas.

Mesa central elegante estilo barroco
Mesa de Centro Barroca

Graça e leveza rococó (século XVIII)

A era Rococó marcou uma ruptura com os excessos barrocos, introduzindo uma estética mais delicada e graciosa ao mobiliário antigo alemão e austríaco. Pés cabriole, formas assimétricas e desenhos florais intrincados tornaram-se marcas registradas deste período. As cadeiras apresentavam curvas sinuosas, as mesas apresentavam bordas recortadas e incrustações de marchetaria, e as cômodas e armários mantinham uma sensação de elegância com formas serpentinas. Os móveis rococós antigos incorporavam um estilo mais leve e caprichoso que apelava a sensibilidades refinadas.

cadeira rococó
Cadeira de estilo rococó, no Metropolitan Museum

Esta cadeira dourada em estilo rococó do Metropolitan Museum demonstra a beleza, a opulência e o capricho das peças desta época.

Simplicidade e simetria neoclássica (final do século 18 ao início do século 19)

O período neoclássico anunciou um retorno às influências clássicas, enfatizando a simplicidade, a simetria e as linhas limpas do mobiliário antigo alemão e austríaco. Pernas retas, formas geométricas e uma paleta de cores suaves definiram esta época. As cadeiras apresentavam padrões clássicos, as mesas tornaram-se mais funcionais e as cômodas e armários adotaram madeiras mais claras como faia e bétula. Móveis antigos neoclássicos marcaram uma mudança em direção à funcionalidade, em vez da ornamentação excessiva.

Este par de cadeiras neocassianas é originário da Alemanha e foi fabricado entre 1810 e 1820. Um detalhado encosto perfurado caracteriza seu design neoclássico atemporal, adornado com um delicado motivo de palmeta. Além disso, agora apresentam estofamento e tecido renovados, garantindo que o conforto e a estética atendam aos padrões contemporâneos.

Par de cadeiras laterais neoclássicas - Styylish
Par de cadeiras laterais neoclássicas – disponíveis na Styylish

Esta secretária neoclássica disponível no Styylish apresenta um folheado de cerejeira brilhante em madeira dura e macia. A mesa está em excelentes condições restauradas com polimento manual de goma-laca. A mesa contém os acessórios originais de latão, chave original e fechaduras de ferro.

Secretária neoclássica Biedermeier - elegante
Secretária Neoclássica

Esta mesa de jantar extensível neoclássica remonta à primeira metade do século XIX. As quatro pernas cônicas repousam sobre rodízios de latão originais. Quando a mesa é estendida, duas pernas adicionais se dobram para suportar o peso e o tamanho.

Cantos dos quartos: de castelos antigos a designs modernos 

Mesa de jantar extensível neoclássica estendida - elegante
Mesa de jantar extensível neoclássica

Clareza e funcionalidade Biedermeier (início a meados do século 19)

O período Biedermeier testemunhou uma mudança em direção à clareza, funcionalidade e conforto do mobiliário antigo alemão e austríaco. Linhas limpas, tons de madeira mais claros e superfícies sem adornos tornaram-se comuns. As cadeiras assumiram formas geométricas simples com assentos acolchoados e as mesas tornaram-se mais intimistas. Cômodas e escrivaninhas privilegiavam a beleza natural dos veios da madeira em detrimento dos detalhes elaborados. Os móveis antigos da Biedermeier refletiam um gosto crescente da classe média pela simplicidade e praticidade.

Mesa Biedermeier extensível antiga - elegante
Mesa Biedermeier antiga em estilo elegante

Descubra a beleza intemporal da nossa requintada mesa Biedermeier austríaca feita em nogueira em Viena em 1820. Esta peça notável apresenta uma elegante coluna central canelada que assenta graciosamente sobre uma base octogonal. Além disso, o tampo da mesa apresenta um impressionante folheado de crosta adornado com uma estrela central embutida, criando um design verdadeiramente cativante.

Este par único de poltronas antigas data de cerca de 1820-30 e vem do norte da Alemanha.

par de poltronas Biedermeier - elegante
Par de poltronas Biedermeier

O Biedermeier do norte da Alemanha está estilisticamente ligado à chamada Idade de Ouro dinamarquesa. A Idade de Ouro Dinamarquesa é o termo para um período da vida artística e cultural dinamarquesa que se estende por aprox. 1800 a aprox. 1850.

Um legado de artesanato em estilos de móveis antigos alemães e austríacos

A herança dos estilos de móveis antigos alemães e austríacos demonstra um artesanato duradouro e uma influência cultural que se estende por séculos. Hoje, sejam os detalhes ornamentados de uma peça de mobiliário barroca, as linhas simples de uma cadeira Biedermeier ou a elegância atemporal de uma mesa neoclássica, os estilos de móveis antigos continuam a cativar colecionadores e apaixonados.

Assim, ao explorar estas peças, não só testemunhamos a evolução do design de mobiliário antigo, mas também obtemos uma visão sobre a dinâmica cultural, social e artística que moldou estas peças notáveis ​​ao longo dos tempos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *