Avançar para o conteúdo

Quais são os 8 segredos para escolher plantas de interior para design biofílico?

Sala de estar com design biofílico

Sala de estar com design biofílico

A escolha de plantas domésticas para um design biofílico envolve muito mais do que apenas escolher plantas atraentes. Aqui estão os segredos para selecionar as plantas certas para embelezar o seu espaço, promover o bem-estar e garantir que prosperem no seu ambiente interior:

1. Compreenda os requisitos de iluminação

Cada planta tem necessidades específicas de luz, variando de luz fraca a luz indireta brilhante. Avalie a luz natural disponível no seu espaço e escolha plantas que prosperem nessas condições. Por exemplo, plantas cobras e pothos são ótimos para áreas mal iluminadas, enquanto figos com folhas de violino e suculentas preferem locais mais claros.

 


2. Considere a qualidade do ar

Certas plantas são particularmente eficazes na purificação do ar. A incorporação de espécies como plantas cobra, plantas aranha, samambaias de Boston e lírios da paz pode ajudar a remover toxinas e melhorar a qualidade do ar interno, contribuindo para um ambiente habitável mais saudável.

3. Reconheça sua capacidade de cuidar

Seja realista quanto ao tempo e esforço que você pode gastar cuidando das plantas. Se você tem um estilo de vida agitado ou tende a esquecer de regar, opte por plantas tolerantes à seca, como suculentas, plantas ZZ ou cactos que requerem manutenção mínima.

 


4. Tamanho e padrões de crescimento

Considere o tamanho maduro da planta e seu hábito de crescimento, seja vertical, arrastado ou espalhado. Isso o ajudará a determinar o melhor local para a planta em seu espaço e garantir que ela não fique superlotada à medida que cresce.

5. Textura e cor

As plantas oferecem uma variedade de texturas e cores, que podem adicionar interesse visual e profundidade ao seu design biofílico. Misture e combine plantas com diferentes formatos, tamanhos e cores de folhas para criar uma aparência dinâmica e em camadas que imita a diversidade do mundo natural.

6. Benefícios para a saúde

Além de purificar o ar, algumas plantas trazem benefícios adicionais à saúde, como a capacidade de aumentar a umidade ou produzir aromas calmantes. Aloe vera, por exemplo, pode ser usada para acalmar a pele, enquanto a lavanda pode ajudar a reduzir o estresse e melhorar a qualidade do sono.

7. Considerações sazonais

Se você mora em uma área com estações distintas, considere como as mudanças na luz natural e no aquecimento ou resfriamento interno podem afetar suas plantas. Algumas plantas podem precisar ser movidas ou receber cuidados extras em determinadas épocas do ano.

8. Opções não tóxicas

Se você tem animais de estimação ou filhos, é fundamental escolher plantas que não sejam tóxicas se ingeridas. Plantas aranha, samambaias Boston e calathea são opções seguras que também contribuem para um jardim interno vibrante.

10 razões que explicam o fenômeno do design biofílico e sua popularidade desenfreada?

Sala de jantar com design biofílico

A tendência das plantas de interior e do design biofílico – integração de elementos naturais nos ambientes interiores – ganhou força graças à sua capacidade de preencher a lacuna entre a natureza e o ambiente construído, melhorando tanto a estética como o bem-estar. Aqui estão os segredos de sua popularidade e eficácia:

1. Benefícios psicológicos

O design biofílico explora nosso amor inato pela natureza, conhecido como biofilia, para melhorar a saúde mental e o bem-estar. Plantas de casa e elementos naturais podem reduzir o estresse, melhorar o humor e aumentar a sensação de felicidade e tranquilidade.

2. Melhor qualidade do ar

As plantas têm a capacidade natural de filtrar as toxinas do ar, convertendo CO2 em oxigênio. Este processo de purificação pode melhorar a qualidade do ar interior, levando a melhores resultados de saúde para os residentes.

3. Aumento da produtividade e criatividade

Estudos demonstraram que a incorporação de elementos naturais no design do local de trabalho pode aumentar significativamente a produtividade e a criatividade. A presença de vegetação pode melhorar as funções cognitivas, reduzir a fadiga e promover a inovação.

Dicas de especialistas para escolher e cuidar de plantas de interior

4. Conforto térmico e regulação higrométrica

As plantas podem ajudar a regular a umidade interna e manter um ambiente térmico confortável. Através do processo de transpiração, as plantas liberam umidade no ar, o que pode ser benéfico em climas internos secos.

5. Absorção sonora

As plantas podem atuar como absorvedores acústicos naturais, reduzindo os níveis de ruído em espaços internos. Folhas e caules podem ajudar a difundir, refletir e absorver o som, criando um ambiente mais calmo e sereno.

6. Apelo visual e conexão com a natureza

O design biofílico enfatiza a beleza dos elementos naturais, trazendo o ar livre para dentro. Essa conexão com a natureza pode potencializar o apelo estético, tornando os espaços mais acolhedores e vibrantes.

7. Sustentável e ecológico

A adoção de princípios de design biofílico pode contribuir para os esforços de sustentabilidade. As plantas de interior podem fazer parte de soluções de design ecológicas, promovendo uma abordagem mais ecológica e ecológica ao design de interiores.

8. Saúde emocional e física

Além dos benefícios para a saúde mental, o design biofílico pode ter efeitos positivos na saúde física. A presença de plantas e luz natural pode ajudar na recuperação de doenças, reduzir a pressão arterial e melhorar o bem-estar físico geral.

9. Versatilidade e personalização

O design biofílico oferece um amplo leque de opções de personalização e criatividade, permitindo a integração de diferentes tipos de plantas, materiais naturais e layouts adaptados a espaços e preferências específicas.

10. Diversidade cultural e estética

As plantas de interior e os elementos biofílicos podem refletir o significado cultural e as preferências estéticas, permitindo que os indivíduos expressem as suas identidades e criem espaços significativos e personalizados.

Os segredos da tendência das plantas de casa e do design biofílico revelam uma profunda ligação entre o bem-estar humano e o ambiente natural. Ao incorporar estes elementos nos nossos espaços interiores, podemos criar ambientes mais saudáveis, produtivos e esteticamente agradáveis ​​que nutrem a nossa ligação inata com a natureza.

1 comentário em “Quais são os 8 segredos para escolher plantas de interior para design biofílico?”

  1. Pingback: 12 Dicas de Feng Shui para sua Casa – housedecorsmall

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *