Avançar para o conteúdo

Por que você precisa de abajures para proteger sua lâmpada

Por que você precisa de abajures para proteger sua lâmpada

Olhar para lâmpadas nuas pode ser muito desconfortável porque a luz se espalha em todas as direções. O intenso o brilho de uma lâmpada nua é prejudicial aos olhos e a própria lâmpada pode aquecer se for tocada acidentalmente. É por isso que, no design de interiores, lâmpadas nuas são utilizadas em áreas e luminárias onde a luz precisa ser preservada e difícil de ser visualizada.

abajures feitos à mão

Lustre de contas de madeira ‘Menari’ – Natural

Você consegue pensar onde exatamente? Isso mesmo, armários e escadas!

Os abajures são frequentemente usados ​​para cobrir lâmpadas em áreas abertas que requerem iluminação. Normalmente é utilizado por questões de segurança, mas também é ideal para decoração de casa. Os abajures podem ajudar a proteger os olhos do brilho direto da lâmpada, além de difundir a luz até mesmo nas áreas menos iluminadas do ambiente. E claro, usar abajures modernos, kitsch e contemporâneos realça a sua personalidade!

Você sabe? Os abajures são usados ​​não apenas para decoração de interiores, mas também para aplicações externas. A distinção é que as coberturas para luzes externas são geralmente feitas de materiais mais duráveis, como metal e ferro, enquanto as coberturas para luzes internas são geralmente feitas de materiais ornamentais, por exemplo, rattan e madeira.

Isso não é fascinante? Vamos ficar curiosos sobre abajures internos e externos hoje!

A história dos abajures

Qual foi a primeira forma de abajur? Claro, antes eram lanternas públicas! As primeiras lanternas públicas surgiram no final do século XVII em Paris para iluminar a estrada à noite. Essas lanternas mais tarde evoluíram para lâmpadas de rua a óleo (lâmpadas de rua) em Paris em 1763, e depois em Milão em 1785. Quando falávamos sobre iluminação a óleo, não era nem uma lâmpada – era uma lâmpada a óleo. de mechas dentro.

4 maneiras de proteger a mobília do seu pátio externo das intempéries

Então, em meados do século XIX, um inventor chamado Friedrich Albert Winsor industrializou a iluminação gerando gás numa fábrica e transportando-o através de um gasoduto. Isso rapidamente se transformou em medo de explosões e venenos, pois a iluminação a gás aquecia perigosamente o ar e consumia oxigênio considerável.

Era fundamental ventilar o ambiente ou isolar a chama, separando a sala de combustão da sala a ser iluminada. Por causa disso, o público do teatro sofria regularmente de envenenamento por enxofre e amônia, deixando a sala do teatro com terríveis dores de cabeça.

Assim, nosso querido Thomas Edison e outro inventor chamado Joseph Swan fundiram separadamente os elementos de iluminação existentes com a pesquisa sobre a lâmpada elétrica de filamento incandescente realizada pelos cientistas Humphry Davy, De Moleyn e Göbel.

abajur de vime

Abajur de vime “Sarang”

Os abajures serviam para mascarar a intensidade da luz elétrica, pois era forte e marcante. Esses abajures foram então feitos de vidro colorido e criados pela Tiffany. Sim, o joalheiro! Além dos vidros, o filamento era feito de fibras vegetais carbonizadas e bambu, além de ligas metálicas no início do século XX.

Como usar abajures

O abajur de chão é o tipo mais popular. Ajuda a reduzir a intensidade da luz em toda a sala, bloqueando uma quantidade significativa de luz na orientação horizontal. Ao mesmo tempo, as luminárias de chão permitem que a luz flua de cima para baixo. Permite uma luz mais concentrada sob os abajures, o que permite automaticamente que a luz flua em direção ao teto, transformando a luminária em uma luminária ambiente.

Uma luminária de chão sombreada suaviza a luz refletida no teto enquanto protege os olhos do brilho direto da luz.

Os abajures de mesa são o segundo tipo de abajur mais popular. O objetivo dos abajures de mesa é focar a direção da luz, permitindo que ela flua sobre uma área maior, porém focada. Os principais parâmetros de iluminação aqui são a altura do abajur e o tamanho do abajur.

Os abajures de mesa são comparáveis ​​aos candeeiros de trabalho – ou candeeiros de leitura – em termos de utilidade. Para se ter uma ideia, estes são os que costumam ser colocados acima da sua cama. Ambos os livros são ótimos de ler!

abajur de mesa

Candeeiro de mesa esculpido ‘Samadi’ – Antic-Wash

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *