Avançar para o conteúdo

Traga um gostinho do ar livre com design biofílico

Abraçar o estilo de vida australiano significa acolher a fluidez entre os nossos espaços interiores e a beleza selvagem que está mesmo à nossa porta. Embora as plantas de casa possam nos fazer sentir como se estivéssemos trazendo a essência do ar livre, há outro caminho para canalizar esse equilíbrio harmonioso para sua casa. A resposta está na arte do design biofílico.

O design biofílico é mais do que uma tendência de design; é uma filosofia que sintetiza ambientes interiores e exteriores, fazendo com que a sua casa pareça uma extensão harmoniosa do mundo natural.

 


Sarah Jobse, metade da dupla de designers Oak e Orange, explica: “Design biofílico significa integrar a natureza no nosso espaço interior para criar um espaço calmo com uma ligação visual com a natureza. Ao misturar materiais, cores e texturas naturais, não só embeleza o seu espaço, como também melhora o seu bem-estar, proporcionando um santuário onde pode verdadeiramente relaxar.

Como o design biofílico pode ser adotado

Opte por opções de piso natural

 


Quando se trata de pisos, considere opções que não sejam apenas visualmente atraentes, mas que também evoquem uma sensação de natureza. Materiais sustentáveis, como a linha de pisos Calais Cream Cork da Andersens, bambu e tapetes de lã luxuosos, não apenas têm uma boa aparência, mas também proporcionam uma ótima sensação.

Inspire-se no seu próprio ambiente! Para casas costeiras, considere tons mais claros de piso de madeira que imitem os tons de areia e mar.Para ambientes urbanos, pedra natural ou bambu elegante podem adicionar um toque orgânico ao design contemporâneo.

Piso de cortiça creme Calais

Sarah aconselha: “Uma das nossas maiores dicas para os proprietários é considerar o piso não apenas como uma escolha independente, mas também em harmonia com os demais elementos da sua casa. Uma amostra de piso pode ser bonita por si só, mas sua verdadeira essência aparece quando complementa cores de parede, tons de cozinha, azulejos e até mesmo materiais que você usou em um pátio. Portanto, antes de colocar o piso, certifique-se de que ele corresponda à paleta geral de cores e texturas que você escolheu para sua casa, tanto por dentro quanto por fora.

Coberturas de janelas conscientes

A escolha das coberturas das janelas pode ter um grande impacto em como você se sente conectado ao ar livre. Opte por tratamentos de janela que deixem entrar luz e proporcionem um ambiente orgânico. Carvalho e laranja sugerem persianas de madeira ou tecido natural que permitem que a luz seja filtrada suavemente, ecoando o mundo natural lá fora.

Persianas transparentes

Consistência é a chave

Mantenha uma paleta de cores consistente que corresponda à paisagem local. Se a sua casa estiver localizada perto da costa, tons de azul, areia e madeira envelhecida podem criar uma atmosfera serena. Se você estiver mais perto de uma área de mata, verdes, marrons e tons terrosos podem combinar melhor com você. O objetivo é criar uma experiência visual perfeita conforme você passa de espaços internos para externos.

Não se esqueça dos detalhes

Pequenos toques podem fazer uma grande diferença. Considere equipar sua casa com elementos naturais, como vasos de plantas, madeira ou pedras. Escolha móveis feitos de materiais naturais como madeira, rattan ou juta. Até a sua escolha de tecidos para persianas, almofadas e estofos pode contribuir para a vibração biofílica – pense em linho, algodão e outros materiais orgânicos que podem imitar o mundo natural.

Função encontra forma

Crie áreas funcionais dentro e fora de sua casa que fluam naturalmente umas para as outras. Um recanto de leitura interno com vista para um jardim ou uma sala de jantar aberta com vista para um pátio externo podem fazer com que seu espaço pareça maior e mais conectado à natureza.

“Faça da sua casa não apenas um lar, mas um espaço de convivência que enriquece continuamente o seu bem-estar. »

Visita Andersens para obter mais informações sobre produtos e dicas de estilo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *